ITI - Encontro de ACs debateu emissão primária por videoconferência e o cenário da certificação digital

07/10/2020

Reuniram-se hoje (06/10), por videoconferência, os representantes das Autoridades Certificadoras (ACs) da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil e das Associações do mercado de certificação digital. Em pauta, a Instrução Normativa nº 02/2020, que regulamenta a emissão de certificados digitais por videoconferência.

O presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação- ITI, Carlos Fortner, destacou que no processo de virtualização das emissões, é importante uma equivalência sólida em relação a emissão presencial. "É fundamental que indústria e mercado ajudem a construir esse entendimento, para que o certificado seja emitido corretamente com não-repúdio. Este é um anseio da sociedade e de quase toda a indústria".

Participaram da reunião diretoria e corpo técnico do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação - ITI, representantes da Associação de Autoridades de Registro do Brasil - AARB, da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital - ABRID, AC Defesa, Associação Nacional de Certificação Digital - ANCD, Associação Nacional de Autoridades de Certificação Digital - ANCert, Associação Brasileira de Tecnologia e Identificação Digital - ATID, Pena Bry Tecnologia, Certisign, DigitalSign, Griaule, Imprensa Oficial, Instituto Fenacon, Prodemg, Receita Federal, Safeweb, Serasa Experian, Serpro, Soluti e VALID.

A reunião por videoconferência seguiu ao protocolo de segurança da OMS.

Fonte: ITI